Importante!

Todas as receitas deste blog são isentas de glúten. Algumas são naturalmente sem glúten e outras foram desenvolvidas e balanceadas com as substituições necessárias. Sempre que se aplicar haverá o marcador "sem lactose" e "sem ovos" com as dicas para as substituições. Para todas as receitas, utilizo como padrão de medida, xícara (chá) com capacidade para 200ml.

Copyright

Copyright
Todos os posts e fotos constantes neste blog estão protegidos pela Lei do Direito Autoral e a utilização sem autorização expressa, bem como a reprodução com intuito de lucro, se constitui crime sujeito às sanções penais. Havendo a necessidade de publicação em outros sites ou outros meios de comunicação, favor entrar em contato com chefcarlaserrano@gmail.com

Translate

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Pão de Alho - sem glúten e sem lactose

Perfeito para sanduíches. Quando aquecido, não fica quebradiço!
Foto: Carla Serrano

Rendimento: cerca de 7 fatias

Ingredientes:
250g de água
60g de ovo
70g de azeite de oliva
30g de açúcar refinado ou demerara triturado
7g de sal
20g de alho triturado (cerca de 5 dentes)
1g de orégano seco
200g de farinha de arroz
100g de fécula de batata
25g de polvilho doce
4g de goma xantana
5g de fermento biológico seco instantâneo
ovo para pincelar (opcional)

Preparo na Máquina de Fazer Pão:
Na fôrma da máquina de pão, coloque os 7 primeiros ingredientes. Em uma tigela, junte os outros ingredientes e incorpore-os muito bem. Despeje os ingredientes secos na fôrma e ligue a máquina de pão. O meu pão foi assado em uma máquina que só processa fermentação única (um só amassamento no início). Foram 15 minutos de amassamento, 20 minutos de descanso e 40 minutos de cozimento.  As laterais ficam deliciosamente crocantes e o miolo macio. Reserve sobre uma grade até esfriar. Corte em fatias, embale e  guarde na geladeira. Para o dia seguinte, aqueça no micro-ondas por alguns segundos antes de consumir.

Preparo Manual:
Em uma tigela coloque os 7 primeiros ingredientes, misture e reserve.
Em outra tigela coloque os ingredientes restantes (ingredientes secos) e misture-os muito bem.
Despeje os ingredientes líquidos reservados sobre os ingredientes secos e bata muito bem com o auxílio de um fouet (batedor de arames) ou na batedeira com o batedor globo.
Acomode a massa em uma fôrma para pão, alisando-a com uma colher molhada e, caso queira, pincele com ovo. Deixe fermentar até dobrar o volume. Asse no forno preaquecido 180℃ por cerca de 35 a 40 minutos, ou até que, ao espetar a massa com um palito, este saia limpo.

Dicas:

  • É importante que todos os ingredientes estejam em temperatura ambiente.
  • Para o preparo de um pão básico, substitua o azeite por óleo de girassol e não utilize o alho e o orégano.
  • Você pode enriquecer sua massa, adicionado até 20g de farinha de sementes, como linhaça, chia, quinoa e amaranto, por exemplo.
  • A sua massa poderá ser aromatizada conforme a sua criatividade e gosto, adicionando ervas e especiarias.


Todos os posts e fotos constantes neste blog estão protegidos pela Lei do Direito Autoral e a utilização sem autorização expressa, bem como a reprodução com intuito de lucro, se constitui crime sujeito às sanções penais. Havendo a necessidade de publicação em outros meios de comunicação, favor entrar em contato com chefcarlaserrano@gmail.com

74 comentários:

  1. Oi,Carla,
    Procuro sempre receitas de pães sem gluten para máquina do pão, mas já perdi muito ingrediente com receita que não dava certo. Esse pão ficou delicioso,exatamente como você disse,casquinha crocante e macio por dentro. Sucesso!Superaprovado. Vou tentar as outras receitas. Obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  2. Isabela, que bom que gostou! Obrigada pelo comentário. Abs

    ResponderExcluir
  3. Carla comprei a máquina para fazer pão em casa e agora preciso da sua ajuda. Onde encontro a goma de xantana? Moro em Santos e não encontro. Me ajude por favor. Obrigada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivone. Encontrei no site da loja Bondinho, que fica em São Paulo na Avenida Pompéia. O telefone é (11)3672-1044. Bjs

      Excluir
    2. Olá Carla estou meio perdida pois como já havia dito a você comprei a maquina de fazer pão da marca Mondial e como é a primeira vez que estou usando... Bem, não consegui achar nenhum ciclo que a maquina possui para adequar a sua receita. A sua maquina é diferente das vendidas convencionais?
      Por favor me ajude. Será que a Isabela do comentário acima poderia me ajudar?
      help-me,!!!!!
      Beijos

      Excluir
    3. Oi Ivone! A minha máquina é uma Cadence mais pão e utilizo o ciclo básico. Pesquisei o manual da Mondial na internet e eles não especificam o tempo de cada ciclo como exemplifiquei na receita. Neste caso terá que se adequar, aos poucos, a sua máquina testando mesmo. Pelo que li no manual, acho que você deveria começar testando pelo ciclo ultrarápido II ou pelo ciclo rápido. Me conte como ficou! bjs

      Excluir
    4. Ivone Zanet eu encontrei na Proplastic. Bjs

      Excluir
  4. Olá Carla tudo bem?
    Estou escrevendo para te dar boas notícias... CONSEGUIMOS!!! O pão ficou maravilhoso! Exatamente como esta na foto.
    Usamos ciclo rápido, e deu certinho! Obrigado pela atenção e pelas receitas maravilhosas.
    Deus abençoe!
    Ivone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que ótima notícia!! Prepare também o pão de abóbora com chia. Caso não encontre chia, substitua por linhaça. Eu congelo todos os meus pães. Depois de frio, fatio, embalo e congelo. Daí é só tirar as fatias que irá consumir no dia para descongelar! Bjs

      Excluir
  5. Olá, estava procurando alguma coisa pra fazer hoje e achei seu blog. O pão deu super certo. Além de simples, não ficou quebradiço como os que já tinha feito. Os mais saborosos que encontrava demandavam muitos ingredientes e detalhes, acabava ficando com preguiça e desistia.
    Descobri que tenho intolerância a glúten e lactose há dois anos, tentei parar de consumi-los várias vezes mas nunca consegui seguir a dieta mais de um mês, talvez por nunca ter tido reações. Esta semana resolvi que preciso parar, pois mesmo que eu ache que não sinta nada, está fazendo mal e um dia acabarei tendo complicações. Enfim, obrigada pelas receitas e por sua disposição de compartilhá-las. Parabéns e abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camila!
      Fico muito feliz em saber que estou ajudando!
      Comigo aconteceu da mesma forma, a adaptação é bem difícil mesmo. Pode contar com as minhas receitinhas! Procuro explicar detalhadamente e utilizar ingredientes simples e de fácil acesso. Todas elas são testadas e o resultado fotografado! Abs

      Excluir
  6. Olá, Carla!
    Me chamo Camila e tentei fazer este pão hoje e, infelizmente, não consegui.
    Depois de duas tentativas tenho somente minha farinha preparada(2 xic farinha de arroz + 1 xic de fécula de batata + 1/2 xic de polvilho doce). Gostaria de saber como substituir as farinhas por esta preparada. Claro, se for possível.

    Obrigada,

    Camila

    ResponderExcluir
  7. Olá Camila!
    Vamos ver o que pode estar acontecendo...
    A sua farinha preparada é bem parecida com as proporções que peço na receita então você pode substituir as farinhas do pão (farinha de arroz, fécula e polvilho doce) por 325g da sua farinha. Você está pesando ou medindo os ingredientes? Atente-se que no início da página especifico a xícara que utilizo como padrão de medida, que tem capacidade para 200ml de líquido. Isso é muito importante. O ideal é pesar os ingredientes para ter exatidão no resultado. Você está usando a goma xantana? A função dessa goma é dar elasticidade ao pão, já que não temos o glúten que normalmente proporciona essa característica. Verifique estes pontos e, se ainda tiver dúvidas, fique a vontade para questionar.
    Abs

    ResponderExcluir
  8. olá carla!tudo bem?
    gostaria de saber se eu posso fazer este pão sem o alho,minha filha tem 5 anos e é celíaca,ela não gosta de alho e queria fazer um pão para ela simples,somente para comer com manteiga,vc acha que sua receita daria certo se tirar o alho,porque adorei a textura do seu pão,caso de certo,eu também não tenho maquina de pão posso assar no forno,meu forno é eletrico,como devo proceder.
    muito obrigada
    JULIANA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana!
      Pode fazer o pão sem o alho e o orégano, assim terá um pão neutro.
      Para fazer manualmente, misture os ingredientes secos e, a parte, misture os ingredientes líquidos. Junte os secos aos líquidos e misture muito bem com uma espátula. Despeje em uma fôrma untada e polvilhada com farinha de arroz, coloque a fôrma dentro de um saco plástico, e reserve por cerca de 35 minutos até crescer. Asse no forno preaquecido 180oC por cerca de 35 minutos, ou até que, ao espetar a massa com um palito, este saia limpo.
      Também tenho, aqui no blog, a receita do pão de coalhada, pãezinhos de azeitonas, pão de abóbora e multigrãos.
      Abs

      Excluir
  9. Ola, Carla. E possivel fazer este pao com fermento biologico fresco? Acho que fica mais com gostinho de pao. Caso seja possivel, qual e a proporcao.
    Obrigada, Maria Helena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Helena!
      Pode substituir sim, mas terá que alterar o modo de preparo também.
      Os 5g de fermento seco podem ser substituídos por 15g de fermento fresco. Dissolva o fermento na água com 1 colher do açúcar e quando estiver uniforme, junte o restante dos ingredientes líquidos e os secos e misture até obter uma massa lisa. Proceda da mesma forma explicada acima para Juliana para assar no forno convencional ou coloque a massa na máquina de pão e continue o processo.
      Não acho que terá grande diferença no sabor, mas vale o teste!
      Abs

      Excluir
  10. Oi, ganhei a máquina da Mondial, e gostaria de testar essa receita, mas tenho duas dúvidas.
    Posso usar CMC no lugar da goma xantana? Coloco a mesma medida?
    O fermento biológico seco é aquele do saquinho de 10g? É só colocar metade do saquinho?
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Amorim!
      Dá uma olhadinha nos comentários anteriores que a Ivone, que é uma outra leitora do blog, também tem uma Mondial e utilizou o ciclo rápido. Pode utilizar o CMC no lugar da goma xantana, caso não encontre a goma. Particularmente, prefiro a goma. O fermento é este mesmo, o seco instantâneo e deve utilizar somente a metade do pacotinho.
      Tem uma loja aqui de São Paulo, que vende a goma xantana pela internet. Veja o link: http://lojabondinho.com.br/index.php/catalogsearch/result/?q=goma+xantana&x=0&y=0
      Abs

      Excluir
    2. Carla, estava procurando receitas e tenho a máquina da Britânia. Vou testar o pão hoje e não tenho (como a Maria ) a goma ,mas tenho o CMC. Como disse que pode substituir a dúvida seria : coloco a mesma quantidade?
      Vou procurar para próxima receita, aonde compor em Brasilia esse xarope
      Agradeço desde já as receitas e dicas

      Excluir
    3. Olá Rosanna, boa tarde!
      Pode substituir pela mesma quantidade de CMC.
      A goma xantana é um pó. Vende pela internet na Sabor Alternativo http://www.saboralternativo.com.br/index.php?executar=produto&id=442
      Abs

      Excluir
  11. Olá! Fiz a receita hoje. Porém o pão ficou embatumado. Segui a risca as quantidades e assei no forno convencional. O que pode ter acontecido? Obrigada.

    Marcilha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcilha!
      Vejamos algumas possibilidades: Você pesou ou mediu os ingredientes em xícaras? Caso tenha medido em xícaras, atente-se para a capacidade da xícara que utilizo, que é de 200ml, conforme oriento no início da página. O ideal mesmo é ter uma balança de cozinha para ter exatidão no resultado de suas receitas. Outra possibilidade é o tempo de descanso, que na máquina de pão é de cerca de 20 minutos, pois a mesma proporciona a temperatura ideal para o crescimento da massa. Para fazer manualmente, você deve colocar a fôrma com a massa dentro de um saco plástico para que a superfície não resseque prejudicando o crescimento. Neste caso o tempo de descanso pode ser maior, até perceber que a massa cresceu um pouco (não chega a dobrar o volume). Depois retire do saco plástico e asse no forno preaquecido 180oC.
      Cerifique se pode ter ocorrido algumas das possibilidades acima. Esse pão fica muito gostoso e a textura é a que está na foto!
      Abs

      Excluir
  12. Carla
    Obrigada pela atenção. Usei um recipiente com a marcação de 200 ml como medida deixei crescer por quase 40 minutos. Realmente não sei o que aconteceu. Mas acho melhor comprar a MFP. Não vou desistir.
    Abraço
    Marcilha

    ResponderExcluir
  13. Ola
    Amei o seu blog,descobri a pouco intolerância ao glúten e estou começando a fazer minhas próprias receitas.
    Gostaria de saber se posso fazer os pães na mão,não tenho máquina de pão.
    Grata.
    Elisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elisa!
      Que bom que gostou!
      Logo se adaptará as receitas sem glúten.
      Pode fazer na mão sim. Para fazer manualmente, você deve colocar a fôrma com a massa dentro de um saco plástico para que a superfície não resseque prejudicando o crescimento. Neste caso o tempo de descanso pode ser maior, até perceber que a massa cresceu um pouco (não chega a dobrar o volume). Depois retire do saco plástico e asse no forno preaquecido 180oC.
      Abs

      Excluir
  14. Olá Carla este pão só dá certo se fizer com a máquina de pão? Vc teria alguma receita de pão desse tipo para lanche sem a utilização da máquina de pão, somente com batedeira? Obrigada Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sandra!
      Para fazer manualmente, misture os ingredientes secos e, a parte, misture os ingredientes líquidos. Junte os secos aos líquidos e misture muito bem com uma espátula. Despeje em uma fôrma untada e polvilhada com farinha de arroz, coloque a fôrma dentro de um saco plástico, e reserve por cerca de 35 minutos até crescer. Asse no forno preaquecido 180oC por cerca de 35 minutos, ou até que, ao espetar a massa com um palito, este saia limpo.
      Dica para o pão crescer: Aqueça 1 xícara de água no micro-ondas por 2 minutos. Abra a porta do micro-ondas, afaste a xícara para o canto e coloque lá dentro a fôrma com o pão coberta com filme plástico. Feche a porta e deixe descansando lá. NÃO LIGUE O MICRO-ONDAS. Desta forma você estará criando uma espécie de estufa.
      Também tenho, aqui no blog, a receita do pão de coalhada, pãezinhos de azeitonas, pão de abóbora e multigrãos.
      Abs

      Excluir
  15. Oi, Carla!
    Achei seu blog ontem e fiquei animada em fazer as receitas de pão, pois tenho uma máquina para pão em casa. ;)
    Não sou celíaca, mas sigo uma dieta com redução de glúten e lactose, então, é sempre bom ter receitinhas novas.
    No caso dessa receita, teria como utilizar outro ingrediente no lugar do açúcar refinado como o demerara ou o mascavo ou outro?
    Grata,
    Fernanda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda!
      Pode substituir o açúcar refinado pelo demerara.
      Todas as receitas são testadas! Fique a vontade para tirar dúvidas quando tiver.
      Abs

      Excluir
  16. Carla, pesquisando onde comprar goma xantana na minha cidade, por enquanto, só encontrei a mistura de guar com xantana. É possível utilizar essa mistura nas receitas e conseguir um resultado satisfatório ou dá muita alteração na consistência?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Pode substituir sim.
      Mesmo assim, estou te passando o link de uma loja de produtos para confeitaria em São Paulo, que tem a goma xantana e entrega para várias regiões do Brasil.
      http://lojabondinho.com.br/index.php/catalogsearch/result/?q=goma+xantana&x=0&y=0
      Abs

      Excluir
  17. Carla, só pra agradecer por mais um pão de cada dia super bem sucedido! Fiz o pão de alho "neutro" como vc sugeriu em um dos comentários. Faço tudo à mão, seguindo suas indicações, porque não tenho máquina de pão. Deu certo! De novo! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patrícia!
      Fico muito feliz com o seu retorno. Obrigada!
      Dá uma olhadinha na dica que coloquei no pão de mandioquinha, sobre utilizar o micro-ondas como uma "estufa". Facilita o crescimento da massa para quem não tem a máquina de pão.
      Abs

      Excluir
  18. Olá, Carla!

    Em receitas que pedem fécula de batata, posso alterar por fécula de mandioca ou elas são muito diferentes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana!
      Fécula de mandioca é o polvilho doce. São muito diferentes. A fécula de batata é sequinha e a fécula de mandioca é muito gomosa, como a textura do pão de queijo, por exemplo. Não dá pra substituir.
      Abs

      Excluir
    2. Olá, Carla!

      Mas posso substituir a fécula de batata por maizena?
      Emilly

      Excluir
  19. Este é o melhor blog que já vi. Sempre que preciso de ajuda, a Carla sempre nos orienta.
    Obrigada,

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Betoka, que bom que gosta. Muito obrigada pelo carinho! :)

      Excluir
  20. oi carla, amei pela foto a textura do seu pão, mas tenho algumas dúvidas, se eu dobrar a receita vai dar certo tb? e o ovo posso substituir por 1 colher de (farinha ou semente?) linhaça hidratada em 3 colheres de água? preciso de uma receita maior pq aqui em casa somos movidos a pão.
    e esta receita vai me ajudar muito pq tenho problema de intestino preso, preciso retirar gluten da alimentação, ameiiiiiiiiiiiiiiiiiii seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana!
      Nunca testei sem o ovo. Por isso, se resolver testar, acho que deve preparar somente uma receita para verificar se o resultado te agrada.
      A receita, como descrita aqui no blog, pode ser preparada dobrada desde que utilize uma fôrma de tamanho proporcional.
      Abs

      Excluir
  21. Carla, queria saber da viabilidade de aumentar a escala dessa receita.

    Trabalho com pães integrais.
    Já faço cookies tem glutén. adoraria poder tornar o pão também também sem glutén.

    gostaria de trocar uns emails com vc.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tiê, boa noite!
      Sobre aumentar a escala, precisa testar.
      Precisa se atentar, pois não pode misturar produção de pães convencionais com farinha de trigo com pães sem glúten. A contaminação cruzada é muito perigosa para celíacos e intolerantes.
      Abs

      Excluir
  22. eu não tenho maquina de pao, se fizer na batedeira fica bom?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, boa noite!
      Fica sim. Misture todos os secos, depois todos os líquidos. Junte os secos aos líquidos e misture bem. Coloque na fôrma untada, aguarde dobrar o volume e asse por cerca de 35 minutos a 180graus ou até que ao espetar um palito na massa, este saia limpo.
      Abs

      Excluir
  23. olá Carla ! Tudo Bem?
    Adoro seu blog e suas receitas,sou intolerante ao glúten e lactose e gostaria muito de fazer este pão mais estou com uma dúvida sobre a temperatura da água,é normal ou morna?
    Agradeço se puder me esclarecer esta dúvida.
    Muito Obrigada!
    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, boa noite! Tudo bem?
      A temperatura da água pode ser ambiente ou bem morninha pra dar uma força pra fermentação.
      Abs

      Excluir
  24. oi Carla. Fiz o pao de alho na minha maquina, saiu uma delicia mas branco por fora e nao cresceu muito nao. Coloquei o tempo que vc sugeriu, sera que pode ser isso que nao deu tanto certo? talvez a maquina seja diferente . Se for isso, qual opcao devo colocar da proxima vez: gluten free, paes rapidos, etc... o que vc acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Boa noite!
      Cada marca, modelo e função de máquina trabalha de forma diferente. Então terá que anotar estes detalhes, para na próxima tentativa tentar uma outra função. Precisa de um tempo maior de crescimento e de cocção. Ou talvez deixe um pouco mais após a conclusão do ciclo, para dourar.
      Também pode preparar no forno convencional.
      Sempre veja como está o modo de preparo. De forma geral, peço para misturar os secos e reservar. Misturar os líquidos e adicioná-los aos secos, batendo bem. Deixe crescer até dobrar o volume, independentemente do tempo, pois o fermento é vivo e se comporta de forma diferente conforme a temperatura ambiente e umidade do ar. E asse por cerca de 30 a 35 minutos, ou até que o palito saia limpo.
      Beijos

      Excluir
  25. oi Carla. Fiz o pao de alho na maquina de fazer pao com o tempo que vc submeteu na receita. Saiu uma delicia mas muito branco em cima e nao cresceu quase nada....o que sera que deu errado? Usei exatamente os ingredientes que vc falou :-(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Sobre o crescimento, precisa verificar a integridade do fermento e se é instantâneo.
      Sobre a coloração, para ficar mais douradinho, pode pincelar um ovo batido depois da massa batida e alisada.
      Bjs

      Excluir
  26. Olá, Carla!
    Testei a receita neutra na minha máquina Britânia, mas quase deu certo.
    Usei o ciclo rápido que mistura por 7min, descansa por 5min e mistura 8min, e assa 1h20min.
    O sabor ficou muito bom, mas não cresceu direito e ficou um pouco solado.
    Será que foi porque não descansou?
    Eu posso combinar ciclos: usar o Massa que mistura por 20min e descansa 30min e depois usar o ciclo para assar, por 1h.
    O que você acha?
    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      O pão precisa descansar até dobrar de volume. Acho essa última opção melhor. Só precisa ficar de olho se esse tempo para assar será muito ou não, pois não sei qual temperatura a máquina atinge. Se fosse no forno a 180oC seria cerca de 35 minutos.
      Abs,

      Excluir
    2. Carla,
      Fiz o pão usando a combinação dos ciclos que falei acima.
      Deu super certo! Talvez a única diferença na receita foi que usei a água morninha.
      Ficou maravilhoso! Estou empolgada e vou testar mais receitas!
      Obrigada!
      Abçs
      Sabrina

      Excluir
    3. Olá Sabrina!
      Fico feliz que tenha dado certo. Também utilizo a água morninha, às vezes.
      Muito obrigada pelo retorno!
      Abs

      Excluir
  27. Querida Carla.Na explicação voce diz para colocar os secos na máquina.E a mistura dos ingredientes líquidos eu já coloco nesse momento, ou só depois ? Fiquei insegura na minha interpretação.P.S.Te achei hoje e não quero mais te perder de vista. Amei tudinho ...bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dalva!
      Peço para colocar na máquina os primeiros 7 ingredientes, que são os líquidos, incluindo sal, açúcar e orégano. A parte, misture os secos em uma bacia (entre si) e adicione aos líquidos, que já estão na fôrma da máquina
      Fico muito feliz que tenha gostado! :)
      Bjos

      Excluir
  28. Olá Carla, tire uma duvida meu pao ficou com cara de solado e a massa ficou muito liquida e seguir na risca todos os ingredientes, o que pode ter ocorrido?
    Át., Julio Ramos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Júlio César, boa noite!
      O pão fica exatamente como na foto.
      Porcionou os ingredientes pelo peso? Usou a goma xantana? Ela é imprescindível.
      Abs

      Excluir
  29. Olá Carla! Percebi que a receita dos pãezinhos sem glúten não constam mais no índice.

    ResponderExcluir
  30. Carla, Não tenho o espessante e fui pesquisar pois não conheço, veja o que encontrei:
    Alimentos



    Informes Técnicos

    Informe Técnico nº 16, de 11 de julho de 2005

    Assunto: Resolução RDC 201, de 5 de julho de 2005, publicada no Diário Oficial da União de 6 de julho de 2005.

    Proibição do uso do aditivo INS 425 Goma Konjak (Goma Konjac, Farinha de Konjak, Konnyaku ou Glucomanano de Konjak) em produtos de sobremesa, balas e similares a base de gelificantes.

    Proibição do uso dos aditivos: INS 400 ácido algínico, INS 401 alginato de sódio, INS 402 alginato de potássio, INS 403 alginato de amônio, INS 404 alginato de cálcio, INS 405 alginato de propileno glicol, INS 406 ágar, INS 407 carragena, INS 410 goma jataí (alfarroba, garrofina, caroba), INS 412 goma guar, INS 413 goma tragacanto (adragante), INS 414 goma arábica (acácia), INS 415 goma xantana e INS 418 goma gelana, em sobremesas e balas, confeitos, bombons, chocolates e similares utilizados em produtos gelificados, acondicionados em pequenas cápsulas ou recipientes semi-rígidos (mini-taças, mini-copos ou mini-cápsulas).

    As gelatinas em mini-embalagens são sobremesas ou balas ou similares à base de gelificantes de consistência firme, contendo aditivos alimentares derivados de algas e ou determinadas gomas, embaladas em mini-taças, mini-copos ou mini-cápsulas semi-rigidas, que são ingeridos de uma só vez exercendo pressão sobre a referida embalagem para projetar a gelatina diretamente na boca.

    A combinação de sua forma, tamanho, consistência, dimensão e forma de ingestão e propriedades físico-químicas de determinados aditivos são fatores de risco, pois podem bloquear a garganta e causar asfixia.

    Com relação a esse risco, medidas preventivas foram tomadas em 2002, quando a ANVISA proibiu o uso do aditivo INS 425 - goma konjak em produtos de sobremesa, balas e similares a base de gelificantes por meio da Resolução RE nº 140, publicada no Diário Oficial da União de 12 de agosto de 2002.

    Em 2004 a Decisão da Comissão Européia nº 374, de 13 de abril de 2004 (2002/374/CE), suspendeu a colocação no mercado e a importação de gelatinas em mini-embalagens contendo os aditivos alimentares E400, E 401, E402, E403, E404, E405, E406, E407, E407a, E410, E412, E 413, E414, E415, E417 e ou E418. Levou-se em conta que outros aditivos apresentavam os mesmos riscos associados a goma konjak e que a advertência na rotulagem não era suficiente para proteger a saúde humana, especialmente no que diz respeito às crianças.

    No Brasil, os aditivos alimentares em questão foram avaliados e autorizados em diversas funções como emulsificantes, estabilizantes, espessantes ou gelificantes nas categorias de Balas de gelatina e Sobremesas a base de gelatina, categorias de alimentos harmonizadas no âmbito do Mercosul. (Resoluções 387 e 388, de 5 de agosto de 1999).

    A segurança de uso dos aditivos alimentares é um dos princípios fundamentais para seu emprego e quando autorizados são mantidos em observação e reavaliados quando as condições de uso são modificadas.

    Dessa forma, a Resolução RDC 201, de 5 de julho de 2005 é uma medida que previne a população contra os riscos associados ao consumo de gelatinas em mini-embalagens, que ratifica a proibição da goma konjak e que estende a proibição de uso para catorze aditivos, além de internalizar instrumento harmonizado no Mercosul (Resolução GMC 15, de 9 de junho de 2005).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, bom dia!

      Esse texto refere-se ao uso de aditivos a produtos como balas e sobremesas e NÃO a produtos de panificação.

      Segue abaixo os links na legislação referentes ao uso de aditivos em produtos de panificação, caso queira consultar. Para a goma xantana INS415 a quantidade é quantum satis, ou seja, quanto necessário.

      Você pode encontrar goma xantana em lojas de produtos para confeitaria.

      Abs


      BPF MERCOSUL (ESPESSANTES)
      http://portal.anvisa.gov.br/wps/portal/anvisa/anvisa/home/alimentos/!ut/p/c5/rY_LsqIwGISfxQcYE24BlhDlGmUA5bahEEQE4kGEE-Xpx6pZj7M5_S-7q7-_QQbedyu-r5diun7dih4kIEM5NjVLlAmEEOkY2qa0R5LvQdOBIAYJFPOwfQ320i1BCxm322Cm6zYdaD8879RpmoJKlMZumGlaOXXha9fucq4MYGRohOF0LldvTopy-A9p8L9fZB8S0OP_-h_6U5DJeWTyiuWa3LtT1qG9PViGBw3B5yE4_NDOzxz-xzgOyK4numYlXcO1Koi8wimyICFOREgEMUlf8vZhs40W5M_wVj7v47DrD4OLL_btpKl--pyymPSsUlptEqrljCTmc7-7c9-x0uVPIVTL-SHFarO4U4L3lse2hu4LvQdF0tvEI3OgtoZwur-OXbSIUcfiuomwAJsDYuoxKnS1mMeq7ugWkYHLpHZMxkwPnKKqUXsnsyM9WJo8Zhc3srmvR3w9VrhXCvrL34hJUFOwt77oGQz0m6DgPY9ThIu2Wv0B9Ncb5g!!/?1dmy&urile=wcm%3apath%3a/anvisa+portal/anvisa/inicio/alimentos/publicacao+alimentos/regulamentacao+de+aditivos+alimentares+no+ambito+do+mercosul

      http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/eacf2e004745977ea06cf43fbc4c6735/Tabela_Aditivo_GMC11-2006_LGH.pdf?MOD=AJPERES

      Excluir
    2. Consulte este aqui primeiro!

      ADITIVOS EM BISCOITOS EM PANIFICAÇÃO
      http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/8f52fa0042bf6c9eb820ffa824db78e0/Categoria+7+Produtos+de+panificação+e+biscoitos.pdf?MOD=AJPERES

      Categoria ESPESSANTES.

      Excluir
  31. Receita MARA! Pão perfeito! Obrigada. :)

    ResponderExcluir
  32. Uma duvida, sabe se da pra substituir o alho por cebola triturada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá sim, refogue a cebola picada em um pouquinho de azeite, retire o excesso de gordura e adicione a massa.
      Abs

      Excluir
  33. Esse pão de alho só pode ser feito em máquina de pão? Adorei a receita, mas não tenho máquina de pão.
    Michelle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelle!
      Pode preparar manualmente também.

      Misture os ingredientes secos. Misture os ingredientes líquidos. Adicione os líquidos aos secos. Bata bem na batedeira ou com um batedor de arames. Coloque na fôrma untada e polvilhada com farinha de arroz. Reserve até dobrar de volume (fermentar) e asse no forno preaquecido 180graus por cerca de 35 minutos, ou até que, ao espetar a massa com um palito, este saia limpo.

      Abraços

      Excluir
  34. Amei este pão. Ficou perfeito!!! Adicionei um pouco de psyllium à massa e coloquei um pouco de gergelim por cima. Ficou delicioso. Parabéns e obrigada por compartilhar conosco esta maravilha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Suely, boa tarde!

      Que bom que gostou. Obrigada por compartilhar suas dicas!

      Abs

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.